Notícias

Música e emoção
(Foto: Neni Glock)

Música e emoção

A música clássica emociona as pessoas há mais de 12 séculos. No espetáculo O Clube e Seus Pianos não poderia ser diferente, quando aproximadamente 400 pessoas presenciaram o talento dos pianistas Estefan Iatcekiw, Josely Machado Bark, Jocir Macedo e Luiz Néri Pfützenreuter, regidos pelo maestro e sócio do Clube, Jaime Zenamon, no Salão Rubens Arles Bettega (Azul), no dia 25 de agosto.

Idealizado pelo diretor de Cultura do Curitibano, Roberto Amaral da Cunha, o espetáculo utilizou pela primeira vez na história os três pianos de causa que o Clube possui. “Tivemos uma noite memorável, com apresentações impecáveis de todos os pianistas convidados. E a receptividade do público também foi sensacional, uma plateia com muita sensibilidade para a música clássica. O resultado foi surpreendente: um espetáculo de beleza e qualidade. A satisfação da plateia foi emocionante. Temos esse público e precisamos trazê-lo mais ao Clube”, destacou.

O concerto foi realizado em três atos. No primeiro, o talentoso Estefan Iatcekiw de 13 anos, interpretou músicas de Chopin e Rachmaninov. A segunda parte teve Josely Machado Bark e Jocir Macedo interpretando o Bolero de Ravel para Dois Pianos. Na terceira e última parte do concerto, Luiz Néri Pfützenreuter acompanhou Bark e Macedo interpretando Bach.

O associado Marco Duboc acredita que eventos desse tipo devem acontecer com mais regularidade. “Foi uma grande experiência esse concerto. É muito bacana ver a comprovação de que a música clássica sempre está na moda. Tivemos um espetáculo diferente com três pianos e quatro pianistas de alto nível. O repertório estava muito bom, eclético e agradou a todos. No final aquela surpresa, quando se abriram as cortinas, com uma orquestra de cordas, regida pelo maestro Jaime Zenamon. Foi um grande presente para nós”, avaliou. 

Gostar
0