São Paulo

São Paulo

Obra pertencente ao patrimônio do Clube Curitibano a partir da incorporação do Clube Concórdia em 29 de junho de 2012. Biografia do Artista: Nasceu em São Paulo/SP em 1925 e morreu em 1982. Pintor, escultor e gravador. Autodidata, iniciou as atividades artísticas em 1945, estudando pintura, escultura e desenho. Expôs, em 1952, sua primeira individual com pinturas e esculturas, na Galeria Ambiente, em São Paulo. Em 1959, ganhou o concurso de escultura, instituído pela Câmara Brasileira do Livro, e é responsável pela elaboração da estatueta Jabuti. Recebeu, em 1966, o primeiro Prêmio de Pintura no Salão da Primavera de Curitiba, e em 1968, ganhou o primeiro Prêmio no Salão Paulista de Arte Moderna. Depois de um primeiro período figurativo, passou por uma breve fase abstracionista e informal, que lhe permitiu um aprimoramento espacial e uma diminuição nos excessivos grafismos das obras anteriores. Retornando para a pintura figurativa, atribuiu novos valores à matéria pictórica, como o uso de colagens, símbolos gráficos e de poesia concreta, participando em 1965, da exposição “Proposta 65” no Museu de Arte Brasileira – MAB-FAAP/SP. Em 1968, integrou o “Grupo Austral”, um movimento artístico internacional sediado em Paris e com desdobramentos no Brasil, ligado ao Phases. No final da década de 1960, iniciou trabalhos com um enfoque social, transitando do realismo mágico para um realismo com influências da pop arte.

Cód. Patrimonial: 33319

Sede: Concórdia

Local: Secretaria

Tema: Abstrato

Origem: Arte Nacional

Dimensão: 80X100m

Ano: 1966

Artista: Bernardo Cid de Souza Pinto

Técnica: Mista sobre Tela

Fique por dentro das novidades