Notícias
Athos Schwantes vai em busca da 3ª participação olímpica (Foto: Saulo Cruz/Exemplus/COB).

Athos Schwantes chega até a semifinal no Pré-Olímpico das Americas de Esgrima

Faltou pouco para o nosso professor de Esgrima, Athos Schwantes, garantir a vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio. No último sábado (1), em San José, na Costa Rica, o espadista brasileiro precisava vencer o Pré-Olímpico das Américas, mas acabou encerrando a sua participação na fase semifinal da forte competição que reuniu os 16 melhores esgrimistas das Américas do Sul, Central e do Norte.

Depois de se classificar para Londres 2012 e Rio 2016, Athos Schwantes buscava a sua terceira participação em Jogos Olímpicos. Logo na estreia, o atleta sofreu uma derrota para o porto-riquenho Hector Maisonet, por 2 a 1, na prioridade. Na sequência, venceu o duelo o salvadorenho Saul Portillo, por 5 a 1.

No terceiro confronto do dia, em uma disputa muito equilibrada, Athos foi superado pelo chileno Pablo Nuñez, de virada, por 2 a 1. No quarto jogo, o brasileiro se recuperou e não enfrentou muitas dificuldades para superar o guianês Avinash Somir, por 5 a 1.

O dia continuou agitado para Athos que disputou mais jogos na 1ª fase do Pré-Olímpico das Américas. No quinto jogo, Schwantes encarou o até então invicto colombiano, John Rodriguez, fezum grande jogo e conquistou o triunfo, de virada, por 5 a 4. Para fechar, Athos bateu o guatemalteco Hector Cap, por 5 a 0.

As quatro vitórias colocaram o brasileiro diretamente no quadro de oito, para enfrentar novamente Pablo Nuñez. O confronto começou equilibrado, o chileno abriu 2 a 1, mas Athos mudou sua tática em relação ao primeiro confronto e conseguiu a vantagem por 5 a 2 no primeiro tempo. Ele foi ainda melhor no segundo tempo, abrindo 11 a 4. No terceiro, garantiu a presença na semifinal ao vencer por 15 a 8.

Na rodada que antecedeu a grande final do Pré-Olímpico, Athos enfrentou o cubano Reytor Venet, 42° do ranking mundial, com a melhor colocação entre os participantes. Com muita frieza e precisão, o atleta de Cuba dominou o primeiro tempo, abrindo 6 a 2. Athos seguiu tentando no segundo tempo, mas não conseguiu diminuir a desvantagem, perdendo por 10 a 6. O brasileiro não reverteu no terceiro tempo, caindo por 15 a 9.

Com a campanha de cinco vitórias e a ida para semifinal, o nosso professor de esgrima não conseguiu a tão buscada vaga para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

O Clube Curitibano destaca o grande desempenho do nosso professor e parabeniza Athos Schwantes por tão bem representar o Brasil no Pré-Olímpico das Américas de esgrima.


Leia também:

2ª edição do e-Cup Curitibano featuring Fortnite tem a participação de 84 jogadores

Horários das aulas de Fitness e Bike Indoor em 2021

Compartilhe

Veja mais

Fique por dentro das novidades