Notícias

Atleta olímpica conversa com equipe de voleibol

Medalhista que garantiu o ouro para o Brasil nas Olimpíadas de 2012, a jogadora de voleibol Fernanda Garay esteve nas quadras do Clube Curitibano na terça-feira, dia 6 de junho, para ter um bate-papo com as atletas da Equipe Sub-16 e 14 de voleibol.

Dentro de uma atividade de desenvolvimento, a atleta se propôs a conversar com as meninas do time sobre a importância de manter a determinação, e as diferenças que enxerga na geração atual em comparação com a dela. “Mudou tanta coisa da minha época, e eu não sou tão velha assim”, contou.

Fernanda disse que observa outro tipo de metas nas meninas de agora, e que todas devem aumentar o foco, além de aproveitar todas as palavras do técnico. “Quicar a bola faz a diferença”, diz, contando às meninas a importância de valorizar coisas pequenas, como ter alguns minutos a mais de contato com a bola, e a diferença que isso pode fazer em quadra.

Conforme narrava episódios de sua carreira, Fernanda lembrou de momentos em que teve que abdicar de ficar com a família ou sair com amigos para treinar, explicando para as atletas que devem estar preparadas para momentos assim, tal qual não tirar férias e estar sempre treinando.

Minutos antes da chegada de Fernanda, Tânia Maria Cendofanti, jogadora de voleibol há 52 anos que fugiu da rotina para conhecer a atleta, esperava na porta da quadra. Para ela, Fernanda é a melhor por sua concentração em quadra. “Ela erra, e se mantém focada”, destacou.

Jogadora das categorias Sub-16 e 14 do Curitibano, as atletas Yasmin Toniaul, de treze anos, e Gabriela Sypczuk, de quinze anos, compartilharam da mesma emoção para conhecer a atleta.

Para Gabriela, a experiência de conhecer e conversar com Fernanda acrescenta tanto na vida pessoal quanto na vida de atleta, ainda mais com, como disse, “uma pessoa tão resiliente como a Fernanda”. Para ela, o que fica da conversa é mentalizar que nunca deve desistir.

Yasmin diz ainda sofrer de perder alguma festa por conta de um treino ou jogo, mas que se sente motivada de poder conversar com alguém que é sua inspiração, querendo se dedicar cada vez mais ao objetivo.

 

Compartilhe

Veja mais

Fique por dentro das novidades