Notícias
Foto: Tiago Santos/Clube Curitibano.

Clube de leitura para jovens e adolescentes

A chamada Geração Z, nascida a partir de 1997, é conhecida pela facilidade com a tecnologia e pela ânsia por novas experiências. Mas isso não anula o gosto pela literatura e o prazer que encontram nos livros, afinal, a leitura é para todas as idades. Para se ter uma ideia, cerca de 20% do movimento mensal na Biblioteca do Clube Curitibano é por conta de crianças e jovens de até 18 anos.

Pensando em atraí-los para ainda mais perto da cultura, o Diretor da área, Rafael Cini Perry, teve a ideia de criar um comitê feito por adolescentes e voltado para eles, com foco em literatura. “Queremos que o comitê crie eventos que conversem com o jovem, que promovam entretenimento e que misturem outras artes, como a música e o cinema, com a literatura”, ele explica.

A proposta é seguir o exemplo do CUB (Conselho de Usuários da Biblioteca), mas o diferencial seria a promoção de eventos híbridos que incluíssem os interesses da faixa etária. Para iniciar, a associada Maria Eduarda Carneiro, de 15 anos, foi convidada para presidir o grupo. Fã de romance e mistério, Maria Eduarda indica como um dos seus livros preferidos o clássico “E não sobrou nenhum”, da escritora Agatha Christie.

No início do ano, ela foi atrás de outros jovens que amam literatura para integrar o comitê e já está participando de reuniões com o CUB e a Diretoria para entender como é estar à frente de um grupo. “Eu leio bastante e participo de outras atividades do Clube, como espanhol e dança. Agora, o plano é criar esses eventos e participar de reuniões para entender melhor o projeto. Eu estou nervosa, mas animada”, ela diz, com várias ideias para tirar o novo comitê do papel.

Leia também: 

Tampinhas plásticas são encaminhadas para ação solidária

Escola de Música premiada oferece aulas no Curitibano

Compartilhe

Veja mais

Fique por dentro das novidades