Notícias
Jeniffer Gutierres/Clube Curitibano

Curitibano Consciente, Sustentável e Solidário

O Clube Curitibano acredita que cuidar do meio ambiente é papel de todos e por isso adota a campanha “Curitibano Consciente, Sustentável e Solidário”, que tem como objetivo conscientizar os frequentadores das sedes a adotar hábitos mais sustentáveis. Depois da campanha que motivou os sócios a adotarem uma garrafinha e deixar para trás o copo plástico, agora é a vez de reciclar tampinhas plásticas e lacres de metal. Além de contribuir para a preservação do meio ambiente, a ação também tem cunho social, já que os valores obtidos a partir da venda dos materiais serão revertidos para instituições que atendem crianças e idosos.

O Departamento de Operações Estratégicas e a Diretora Geral e da Sede Barão do Serro Azul, Terezinha Pereira Abagge, desenvolveram o projeto de instalação de pontos de coletas de materiais reciclados nas cinco sedes do Clube Curitibano. Assim, associados, funcionários e terceirizados podem participar da campanha, basta só reunir lacres e tampinhas e colocar no local indicado.

As tampinhas plásticas recolhidas serão encaminhadas para a Campanha Tampinha Solidária, que faz a seleção do material e reverte o valor arrecadado na recicladora certificada em fraldas geriátricas para lares de idosos carentes. O projeto é idealizado pela Associação das Acácias Emiliano Perneta.

Já os lacres coletados serão repassados para a recicladora Sucatec Metais, que é parceira do Hospital Erasto Gaertner e utiliza a venda dos materiais para arrecadar fundos para a construção do Hospital Erastinho, que atenderá crianças e adolescentes com câncer.

Uma das idealizadores das estações de coletas nas sedes do Clube Curitibano, Terezinha Pereira Abagge acredita que a campanha será importante para contribuir em prol das instituições beneficentes. “O projeto de conscientização é muito importante, porque nós precisamos fazer isso dentro do nosso Clube e também na nossa casa. Essa campanha vai ajudar as outras instituições e o nosso planeta”, exalta Terezinha. A Diretora Geral da SBSA também revelou que a instalação dos postos de coleta foi um pedido de alguns sócios.

As novas estações estão instaladas nas sedes Mercês, Lucius Smythe e Barão do Serro Azul, inclusive nessa com pontos de coletas próximos de cada restaurante. Nos próximos dias, os postos serão colocados também nas sedes Romão Rodrigues Branco e no Concórdia.

Coletor de Óleo Vegetal

No dia 13 de março, o Departamento de Operações Estratégicas do Clube Curitibano organizou a instalação do coletor de óleo vegetal próximo a portaria da Petit Carneiro, da Sede Barão do Serro Azul.

Depois do projeto que incentivou os sócios a adotarem uma garrafinha ao invés da utilização de copos plásticos e também a instalação dos coletores de tampinhas plásticas e lacres de metal, a campanha “Curitibano, Consciente, Sustentável e Solidário” motiva os associados a depositar em garrafa pet os resíduos de óleo vegetal no coletor instalado. Mais postos de coletas devem ser colocados no futuro.

Ao término do processo de recolhimento da substância, a empresa Biotech será a responsável por realizar a destinação correta do óleo vegetal reciclado. Além disso, produtos de limpeza serão destinados ao Clube Curitibano em troca do material. Ou seja, quanto mais resíduos arrecadados, mais benefícios serão revertidos ao CC.

Associado do Curitibano e proprietário da Biotech, Luiz Eduardo Hauer exaltou a importância do projeto. “A gente resolveu criar a campanha do Curitibano para que os frequentadores, associados e funcionários possam aderir a campanha e estar com a opção de descarte correto, com uma empresa licenciada que faz a reciclagem desse resíduos e transforma o óleo vegetal em matéria prima para outros materiais”, explica Luiz Eduardo.

Fotos: Tiago Santos/Clube Curitibano.

Compartilhe

Veja mais

Fique por dentro das novidades