Notícias
Barão do Serro Azul tem história contada em linha do tempo no Clube Curitibano

Dia do Barão do Serro Azul

O dia 20 de maio é uma data muito importante para o Clube Curitibano e para a capital paranaense. É o dia em que celebramos o Dia do Barão do Serro Azul, primeiro presidente do Clube. Com isso, neste ano, o Clube Curitibano faz uma homenagem ao seu primeiro presidente. Uma linha do tempo com história do Barão e sua importância para o Brasil foi montada na sede que leva seu nome, no bairro Água Verde.

A linha do tempo é formada por cartazes que estão expostos no corredor que liga o Edifício Garagem à portaria da Avenida Getúlio Vargas. Certamente é uma forma de todos reviverem a história do Barão do Serro Azul durante as diversas atividades no clube.

Barão do Serro Azul

Os cartazes trazem fatos desde seu nascimento, em 1845, na cidade de Paranaguá, até o ano de 2008. Naquele ano, em 15 de dezembro, foi sancionada a Lei Federal n° 11.863. O documento inscreveu o nome dele no Livro dos Heróis da Pátria. A obra foi depositada no Panteão da Liberdade e da Democracia, em Brasília.

Os cartazes ficarão expostos até sexta-feira (24). Sem dúvidas, é uma forma interessante de reviver a história do clube, de nosso primeiro presidente e do estado do Paraná.

Comendador Ildefonso Pereira Corrêa, o Barão do Serro Azul ocupou a presidência do Clube Curitibano em 1881. A diretoria do clube a partir daquele ano foi definida em reunião na casa dele. A residência fica na atual Rua Presidente Carlos Cavalcanti, em Curitiba, e leva o nome de Solar do Barão.

Alguns fatos sobre a história do Barão e do clube também estão disponível em nosso site. Para conferir, basta clicar neste link.

 

Leia mais:

>> Uma noite no Japão

>> CUB: Efervescência Cultural em Curitiba

Compartilhe

Veja mais

Fique por dentro das novidades