Notícias
Arte: Jeniffer Gutierres/Clube Curitibano.

Entrevista com Dorival Splenger Vianna Jr., vice-diretor do Futebol Society

“Sou como falam um ‘fominha por futebol'”, é assim que Dorival Splenger Vianna Junior se define. Só dentro do Clube Curitibano, joga em quatro grupos de futebol, “dos mais novos aos mais experientes, para não falar velhos como eu”, brinca. O esporte faz parte do seu dia a dia desde que tinha 12 anos. Aos risos, ele se lembra de ter participado de um campeonato histórico do Colégio Santa Maria, no final dos anos 1970, em que o time dos alunos finalmente foi campeão, depois de derrotas consecutivas para o time dos professores.

De lá para cá, fez amigos no campo e se consagrou como ‘bom de bola’. É vice-diretor do Futebol Society no Curitibano desde que criaram a modalidade no Clube, há aproximadamente cinco anos.

Confira a entrevista completa com Dorival Splenger Vianna Junior:

Clube Curitibano: Qual é seu papel como vice-diretor? 

Dorival Splenger Vianna Junior: Penso ser o de possibilitar a maior integração possível para o associado na prática do esporte. Fazer com que o associado esteja sempre satisfeito com as condições do gramado e com a estrutura que o Clube disponibiliza. Trazer, através dos campeonatos que temos, a maior confraternização entre os associados e a maior convivência entre os participantes do futebol. Hoje, nossos campeonatos, através das categorias Livre, Master, Veterano e Feminino já chega a bater 460 a 500 associados inscritos. Temos mais um campeonato que iniciamos o ano passado que foi um sucesso também, que foi na modalidade do Draft, em que um grupo de associados se reúne após encerrarem as inscrições, para montarem os times que participaram do campeonato, procurando sempre deixar os grupos no mesmo nível.

CC: Quais são os principais planos que estão em andamento sob sua pasta? 

DSVJ: Este ano está sendo muito difícil, pois trocamos a grama do campo no começo do ano para termos um campo perfeito para o início dos campeonatos e, devido a pandemia, tivemos que cancelar. Mas estamos sempre tentando inovar, principalmente neste momento, e para isso lançamos o Treinamento Funcional direcionado especificamente para o futebol. Lançamos na primeira semana do mês de agosto e já estamos com 30 associados inscritos, dos quais parabenizo as meninas, que já são 13 inscritas.

CC: O que está pensando para um cenário pós-pandemia? 

DSVJ: Para este ano já estávamos com tudo pronto para começar o Draft em abril, com 16 times formados. Se tudo der certo, ainda faremos este campeonato em 2020. Agora estamos focados na reabertura das ‘peladas’, com as devidas precauções, pois para nós o que mais importa é a saúde do nossos associados.

Leia Também:

Entrevista com Gustavo Erzinger, vice-diretor do Voleibol de Quadra e Areia

Retomada das aulas de Fitness e Bike Indoor 

Compartilhe

Veja mais

Fique por dentro das novidades