Notícias

Escolinhas de tênis recebem visita do argentino Mariano Núñez

Com objetivo de tornar a formação do atleta, mas também do cidadão, ainda melhor, a equipe de raquetes do Clube Curitibano traz por um breve período profissionais capacitados para conviver e compartilhar conhecimentos teóricos e práticos com os tenistas, sejam da escolinha ou da equipe de alto rendimento, e também com os integrantes da comissão técnica.

Com esse objetivo, a equipe de esportes de raquetes promoveu a vinda do treinador argentino Mariano Núñez, entre os dias 28 de março e 1º de abril, para acompanhar de perto o trabalho feito nas escolinhas de tênis. Núñez tem vasta experiência e influência na formação de jogadores da reconhecida escola argentina. Em sua trajetória, o profissional foi coordenador do programa de desenvolvimento de tenistas da equipe infantil do Comitê Olímpico Argentino.

“Eu fiquei cinco dias no Clube trabalhando com a escolinha no período da manhã e da tarde, e também com a equipe na Sede Lucius, com os tenistas que estão na transição da escolinha para equipe, mais especificamente da bola verde e amarela”, contou o treinador, que sempre manteve em contato com os treinadores e atletas.

Em sua terceira passagem pelo Curitibano, Núñez sempre manteve contato com os treinadores e atletas, com objetivo de trazer novas referências na formação de jogadores. “A experiência foi muito boa, olhando para o desenvolvimento do esporte no Clube. Aproveitei para dar algumas sugestões para o corpo técnico, dirigentes e o head coach, Didier Rayon, que compartilhou informações comigo na Getúlio Vargas e na Lucius. Tivemos muito trabalho com os treinadores da escolinha”, acrescentou.

Após cinco dias com os jovens tenistas e técnicos, o argentino avaliou o atual cenário do Curitibano na formação de atletas. “Aqui tem uma estrutura que está crescendo. No geral, a pandemia mudou muito o cenário e, na minha avaliação, para o bem. Porém, as crianças mudaram muito nos últimos 10 anos. Então, cabe a nós, treinadores, fazermos essa mudança e adaptação para a nova geração. O Clube Curitibano tem toda a estrutura para estar entre os melhores no tênis paranaense e brasileiro”.

Núñez também elogiou a postura da diretoria e equipe técnica de tênis por sempre estar disposta a trazer profissionais com reconhecimento e conhecimento técnico no esporte, com o intuito de promover uma melhor formação e desenvolvimento aos atletas e treinadores.

“O Brasil está no caminho para realizar uma mudança estrutural na formação de atletas. Isso passa pela minha vinda aqui, com um olhar de fora sobre o trabalho. Além da chegada nesta semana do Enrique Pérez, que vai ficar mais em contato com a equipe. Logo, o Clube está em busca de um grande objetivo”, concluiu.

Ainda nesta semana, o treinador uruguaio, Enrique Pérez, estará presente na Sede Lucius para orientar os tenistas adultos em um workshop nesta quarta (6) e também conversar com os pais dos atletas da equipe de alto rendimento nesta quinta (7). Os dois encontros serão no Espaço Gourmet, da Sede Lucius.

Leia também:

Equipes Adultas de Alto Rendimento – Tênis e Padel

Equipe de tênis é campeã em duas categorias na 3ª etapa do FPT 1000

Compartilhe

Veja mais

Fique por dentro das novidades