Notícias
Arte: Jenifer Gutierres/Clube Curitibano.

Estrelas do Curitibano: Luiz Gabriel

A partir desta sexta-feira, 1º de maio, o Clube Curitibano começa o especial “Estrelas do Curitibano”, que vai apresentar a história de  atletas, artistas, bailarinos, entre outras estrelas que iniciaram a trajetória no Clube e atingiram o protagonismo no cenário nacional e mundial.

O estreante do especial é Luiz Gabriel de Oliveira Fonseca, mais conhecido como Biel, que jogou por quatro anos no Futsal do Curitibano e hoje é uma das promessas do Coritiba.

Construir uma carreira como atleta profissional não é uma tarefa das mais simples, porque a concorrência é forte, o caminho tortuoso e a trajetória é cercada de desafios. Então é preciso aliar paixão, determinação e foco. No caso de Biel, a paixão pelo esporte corre pelas suas veias desde sempre, já que o seu pai, José Luiz Fonseca, é um ex-atleta de futebol e a sua mãe, Lucielly Sella Claro de Oliveira Fonseca, praticou o voleibol. “Eu sempre gostei de jogar bola, brincava com eles”, revela Biel, hoje com 18 anos.

O seu amor pelo futebol fez o pequeno Luiz Gabriel iniciar de maneira precoce a sua trajetória no esporte. Aos seis anos, ele começou a jogar no Futsal da Associação Desportiva Tistu, equipe na qual ficou até completar nove anos. Foi então que o Clube Curitibano surgiu em sua vida.

“O meu pai trabalhava no Clube Curitibano e apareceu a oportunidade de jogar no Clube, porque o Tistu não tinha até a categoria sub-13”, conta. O período no Curitibano foi essencial para desenvolver o atleta e pessoa Luiz Gabriel. Dos 9 aos 13 anos, Biel colecionou títulos e construiu uma inesquecível história ao lado dos seus amigos, companheiros e professores.

“Eu tive uma passagem muito vitoriosa, fiquei quatro anos e ganhei mais de 10 títulos. Algum deles importantes como a Taça Paraná, que é um campeonato muito difícil de vencer. Então, eu agradeço a todos os companheiros de equipe, aos técnicos e também aqueles que deram apoio, porque sem eles nada disso seria possível”, exalta.

Fotos: Arquivo Pessoal.

Mas não são apenas os títulos que seguem na memória do ex-ala esquerda do Curitibano, as amizades e os aprendizados também serão sempre lembradas. ”Toda vez que lembro do Curitibano, eu me emociono. Não só por ter vencido vários campeonatos, mas também pela amizade que fiz, tanto que a maioria dos meus melhores amigos continuam sendo do Curitibano”, afirma.

Biel também exalta os ensinamentos dos professores durante a sua história no Curitibano. “Eu aprendi muita coisa fora de quadra com os meus ótimos treinadores, Álvaro Menegotto, Mathias Lammers, José Luiz Fonseca (Pai) e o Diego Cebolla. Eu posso dizer que todos os ensinamentos e valores fazem parte da minha carreira”, enaltece o craque, que também elogiou a estrutura do Clube Curitibano.

A trajetória gloriosa de Biel pelo Futsal do Clube Curitibano começou a chegar ao final quando recebeu um convite para jogar no Coritiba, após uma semifinal disputada diante do Cancun. Entre os 11 e 13 anos, o atleta conseguiu se dividir entre os treinos do Curitibano e do Coxa, mas chegou um momento que Biel precisou optar pela difícil decisão de atuar apenas no futebol de campo. A despedida do Clube é um dos momentos marcantes na vida do jovem.

“A gente foi campeão em meu último campeonato, ótimo para coroar a minha passagem pelo Clube. A despedida foi muito emocionante porque eu tenho amizade com todos, era muito prazeroso jogar com aquela piazada”, lembra.

Coritiba

Na equipe do Alto da Glória, Biel segue com o papel de protagonista e coleciona títulos, com destaque para as conquistas da EFIPAN em 2015, Copa Brasil de Futebol Infantil em 2016 e Copa Caio Júnior sub-15 em 2017. Com grandes atuações, Biel foi premiado no dia 26 de abril de 2019 com a convocação para a seleção brasileira sub-17.

Seleção Brasileira

“Na minha carreira, eu acredito que foi a minha maior emoção. Lembro que estava treinando, quando terminou o treino, o meu técnico me chamou e me deu a notícia. Quando soube da convocação, eu fiquei muito feliz, ganhei os parabéns dos companheiros, e foi muito legal para a minha carreira”, conta o meia, que também recebeu o carinho dos familiares.

Com duas convocações, Biel por pouco não fez parte da equipe que conquistou o título da Copa do Mundo FIFA Sub-17 no ano passado. Porém, o jogador ficou feliz com a coroação dos seus companheiros.

Futuro

Com Ronaldinho Gaúcho, Sadio Mané (Senegal e Liverpool) e Kaká como referências no futebol, Luiz Gabriel projeta novas metas como jogador profissional: sucesso no Coritiba e transferência para o futebol europeu. Os destinos preferidos de Biel no velho continente são Manchester, Barcelona e Madri.

Mesmo com a trajetória vitoriosa nas categorias de base do Coritiba, a convocação para a seleção brasileira sub-17 e o sonho de atuar na Europa, Biel nunca vai esquecer o CC. “Eu sempre vou carregar o Clube Curitibano no meu coração”, confessa.

O Clube Curitibano deseja todo o sucesso para Luiz Gabriel, o Biel, em sua carreira como jogador de futebol profissional.

Leia também:

Dia Internacional da Dança celebra arte e cultura

COVID-19: Aviso de Fechamento

Compartilhe

Veja mais

Fique por dentro das novidades