Notícias
Arte: Camila Lunard/Clube Curitibano.

Indicação de Livros: Semana Nacional da Pessoa com Deficiência

Entre os dias 21 e 28 de agosto é celebrada a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla. O objetivo promover a conscientização e inclusão social, educacional, na saúde e no trabalho de Pessoas com Deficiência. O Departamento de Inclusão do Clube Curitibano, criado em maio de 2019, é motivo de muito orgulho, visto que é o único do gênero em um clube social e esportivo no país. A iniciativa, comandada pela gerente e psicopedagoga Diva Benassi dos Santos e com o apoio da psicóloga Tatiana Dobrianskyj Weber, tem como principal objetivo integrar os associados com deficiência ao dia a dia do Clube.

Indicação de livros 

Entre as ações de comemoração à Semana Nacional da Pessoa com Deficiência, hoje o Clube Curitibano traz indicações da literatura nacional e internacional que abordam o assunto de alguma forma, seja por meio do autor, dos personagens ou da temática.

Todos os livros podem ser encontrados na Biblioteca do Clube Curitibano. Você também pode reservar e pedir a entrega das obras no conforto do seu lar através do Pacote Cultural. Clique aqui e saiba como solicitar o serviço.

Confira a seleção de livros:

Livro: Toda luz que não podemos ver
Autor: Anthony Doerr
Ano de publicação: 2014
Gênero: Ficção histórica
Vencedor de um premio Pulitzer, o livro narra a historia de duas crianças em lados opostos da 2ª Guerra Mundial: Marie-Laure, uma menina francesa e cega, e Werner, um jovem órfão alemão. Apesar da apresentação da deficiência de Marie não ser considerada perfeita, o livro é cuidadosos em suas descrições e apresenta uma narrativa rica sobre os efeitos da guerra e a natureza humana.

Livro: Feliz ano velho
Autor: Marcelo Rubens Paiva
Ano de publicação: 1982
Gênero: Biografia
Em dezembro de 1979, Marcelo – então com 20 anos – estava bêbado com amigos e resolve mergulhar em um lago que era muito raso do que imaginava. A consequência foi ter fraturado a quinta vértebra, deixando-o tetraplégico. O livro, narrado de forma informal e em 1ª pessoa, conta a historia de sua recuperação intercalando com flashbacks do passado durante a ditadura militar no Brasil. O autor não faz papel de vitima ou de bom moço, ele assume seus momentos de arrogância e machismo e mostra como precisou amadurecer para conseguir seguir com a vida, sempre contando com a ajuda de seus amigos e familiares.

Livro: Jane Eyre
Autora: Charlotte Brönte (inicialmente com o pseudônimo masculino Currier Bell)
Ano de publicação: 1847
Gênero: Romance
Um livro considerado extremamente avançado para a época e que é analisado até hoje, conta a história de Jane Eyre desde a infância até a vida adulta quando consegue um trabalho em Thornfield Hall. A deficiência é retratada no livro de forma literal e simbólica para o poder e o patriarcado, com a protagonista desafiando não só a visão sobre deficiência da era vitoriana, mas abordando também diversas outras questões de forma considerada moderna para a época.

Livro: Olhe nos meus olhos
Autor: John Elder Robison
Ano de publicação: 2007
Gênero: Biografia
Criado em uma casa com uma família disfuncional e com diversos diagnósticos errôneos durante a infância, John Elder Robson sempre teve dificuldade de socialização e sempre foi considerado “estranho” até que com 40 anos recebeu o diagnóstico correto: autismo. O livro narra a jornada de autoconhecimento do autor que teve uma vida de alienação e amadurecimento através de tentativa e erro e como o diagnóstico o ajudou a se aceitar e a se encaixar no mundo.

Livro: A dança da morte
Autor: Stephen King
Ano de publicação: 1978
Gênero: Terror
O mundo vive um cenário de caos por causa de um vírus letal que foi acidentalmente liberado e que dizimou 99% da população mundial. Alguns dos personagens principais incluem um mulher centenária e importante, um rapaz surdo e mudo e outro jovem com deficiência intelectual que lideram a luta entre o bem e o mal em uma história cheia de reviravoltas, crueldade e aceitação.

Livros: Percy Jackson e os Olimpianos (serie de 5 livros)
Autor: Rick Riordan
Anos de publicação: 2005 – 2009
Gênero: Ação, ficção juvenil
Percy Jackson é um jovem do ensino médio que enfrenta dificuldades acadêmicas por conta de seu TDAH e sua dislexia, mas ao descobrir a verdade sobre sua identidade, ele descobre vantagens em não ser neurotípico, a importância de aceitar suas diferenças, que nenhum diagnostico é capaz de conter a grandeza de uma pessoa quando ela é compreendida e tem o apoio necessário para descobrir e incentivar suas habilidades. A história foi criada pelo autor para seu filho que tem os mesmos diagnósticos de Percy.

Livro: O cérebro autista
Autora: Temple Grandin
Anos de publicação: 2013
Gênero: Biografia
Com uma visão positiva sobre o autismo, Temple Grandin é conhecida por ter revolucionado o tratamento de animais em fazendas e abatedouros. Por ser um livro antigo, ele oferece alguns dados e pesquisas desatualizadas, mas sua perspectiva e entendimento de mundo como uma pessoa autista, principalmente enquanto mulher e em uma época onde o diagnóstico não era muito conhecido, é inovadora e necessária.

Livro: O que me faz pular
Autor: Naoki Higashida
Ano de publicação: 2014
Gênero: Biografia
O primeiro livro do autor Naoki Higashida é sua autobiografia, escrita quando ainda tinha 13 anos em formato de perguntas e respostas. Naoki foi diagnosticado com autismo severo aos 5 anos de idade e com a ajuda de sua mãe e de um teclado de papelão ele aprendeu a se comunicar com humor e sinceridade provando que ele é muito mais do que um diagnostico.

Livro: O escafandro e a borboleta
Autor: Jean-Dominique Bauby
Ano de publicação: 1997
Gênero: Biografia
Jean-Dominique Bauby era o respeitado redator-chefe da revista Francesa Elle, até que aos 43 anos sofreu um acidente vascular cerebral que resultou na perda de todas as suas funções motoras (Síndrome do Encarceramento). O único movimento que conseguia fazer era piscar de seu olho esquerdo. Com a ajuda de sua equipe medica, ele aprende a se comunicar piscando, conseguindo libertar sua criatividade e escrever sua biografia e recontar suas experiências.

Livros: Meu amigo Down em casa; Meu amigo Down na escola
Autora: Claudia Werneck
Ano de publicação: 1994
Gênero: Infantil
Historias sensíveis e a favor da inclusão contadas pelo olhar de uma criança que não sabe explicar porque seu amigo com Síndrome de Down enfrenta situações tão delicada e é tratado diferente pelos adultos. O livro tem uma visão muito positiva sobre inclusão e traz reflexão sobre a aceitação das diferenças.

Livro: Vendo sem enxergar
Autor: Mauricio de Sousa
Ano de publicação: 2009
Gênero: Infantil
Tonico, um menino cego, mostra a seu amigo Zé como apreciar os detalhes não visíveis da natureza e explorar seus outros sentidos durante um passeio pela tarde. Com lindas ilustrações e linguagem acessível, é um ótimo livro para pais e filhos apreciarem juntos.

Livro: Tudo bem ser diferente
Autor: Todd Parr
Ano de publicação: 2001
Gênero: Infantil
Ilustrado com desenhos simples e colorido, este livro apresenta através de frases simples, direta e divertidas a importância e a beleza de todo tipo de diversidade no mundo.

Livro: A mordida da manga
Autora: Mariatu Kamara
Ano de publicação: 2008
Gênero: Biografia
Durante a guerra civil de Serra Leoa, Mariatu Kamara foi vítima de um ataque a sua vila em que deceparam suas duas mãos. O livro conta sua historia inspiradora de superação e busca pela independência de forma honesta e madura.

Livro: A guerra que salvou minha vida
Autora: Kimberly Bruaker Bradley
Ano de publicação: 2017
Gênero: Romance histórico
O historia é narrada pela protagonista, Ada, uma criança que vive com seu irmão mais novo e sua mãe abusiva que não aceita a deficiência física da menina, que tem o pé torto e dificuldade para andar. As crianças aproveitam o possível bombardeio nazista a Londres para fugir e embarcam em uma aventura emocionante e transformadora.

Para saber mais sobre essas obras, assista o Na Biblioteca especial da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência:

Aproveite também para o assinar o Canal do Clube Curitibano no YouTube para ver mais conteúdos em vídeos.

Leia Também: 

Clube comemora Semana Nacional da Pessoa com Deficiência

Fase inicial da On-Limpíada Solidária 2020 começa nesta segunda

Compartilhe

Veja mais

Fique por dentro das novidades