Notícias

O dever cívico de formar atletas

O Clube Curitibano se empenha na formação de atletas e faz um trabalho de base para que o esporte olímpico seja continuado no Brasil, encarando essa responsabilidade não apenas como um dever esportivo, mas cívico.

De acordo com a Lei 9615/98, conhecida como “Lei Pelé”, 0,5% do valor da Loteria Federal é destinado ao CBC (Comitê Brasileiro de Clubes), órgão que representa a classe clubística e é responsável por descentralizar tais recursos para clubes formadores de atletas e paratletas, como forma de fortalecer o esporte no país. Após recebimento de vários incentivos provenientes dos editais anteriores, é por meio do Edital 7 do CBC, o Clube Curitibano recebe recursos para investir nos seguintes esportes olímpicos: Badminton, Basquete, Esgrima, Natação, Tênis e Voleibol.

Fotos: Divulgação

Esse fomento se dá através dos CBI (Campeonatos Brasileiros Interclubes), que existem há quatro anos e são de cunho nacional. “O CBI faz com que todos os esportes olímpicos e paralímpicos tenham uma competição nacional, e assim a distribuição desse recurso federal alcança seu objetivo, que é a formação de atletas olímpicos. O trabalho do CBC é fazer com que esses recursos cheguem ao seu objetivo final”, explica o presidente do CBC, Jair Alfredo Pereira. “Além disso, nossa preocupação é a inclusão social, pois o esporte transforma a vida de jovens, os integra na sociedade e os ensina responsabilidade”.

O papel de um clube no CBI pode ser dois: sediar ou participar. Quando participa, o clube tem o bônus de receber a gratuidade no transporte aéreo e na acomodação dos atletas e de sua comissão técnica no destino. Participando dos CBIs desde 2017, o Clube Curitibano foi beneficiado, até o fechamento desta edição, com o valor de R$ 1.276.769,20, através de acordos de cooperação (modalidade jurídica para benefícios com recursos públicos onde não há tramitação financeira direta). O CBC compra as passagens e garante a estadia dos atletas em hotéis. Foram 32 campeonatos em dois anos, totalizando 502 atletas e equipe técnicas beneficiados. O ciclo continua até 2020.

Foto: Valterci Santos/Clube Curitibano.

Caso o clube seja responsável por sediar um CBI, como aconteceu aqui com as etapas anuais do Campeonato Brasileiro Interclubes de Tênis e com o Campeonato Brasileiro Interclubes Absoluto de Natação 2019 – Troféu José Finkel, há um termo de execução, em que o montante de transporte e hospedagem que o CBC distribuiu a outros clubes se torna um valor a ser investido por aquele clube em equipamentos e materiais esportivos.

Sede dos dois campeonatos citados acima, o Clube Curitibano recebeu, portanto, R$ 1.970.737,18 para investimento em seus esportes olímpicos desde o lançamento do edital 7. Este valor está sendo investido na compra de itens de recuperação, preparação física, avaliação biomecânica e avaliação física de seus atletas. Ao todo, são 73 materiais esportivos, entre equipamentos, uniformes, pisos inteiros de quadras, placares e reformas.

Prestação de contas 

A aprovação do investimento se dá a partir de comprovação técnica – um laudo, que mostra porquê os equipamentos comprados são necessários. O Clube Curitibano prestou contas ao CBC, que por sua vez prestou contas ao CGU (Controladoria-Geral da União) e ao TCU (Tribunal de Contas da União), estando atualmente com aprovação total dessas prestações, mostrando que todas as certidões estão em dia e que estamos altamente regulares com relação também aos nossos impostos.

“Tenho orgulho de estar a frente de todos esses projetos de incentivo que o Clube recebe, ainda mais porque os nossos associados são muito beneficiados com todos esses investimentos”, comemora o gerente de Cultura e Esportes do CC, Emerson Luiz Appel.

Fotos: Divulgação

Outra contrapartida cumprida pelo Clube Curitibano é a inserção social: seguindo o que está previsto no artigo 117 do Estatuto, mantemos 150 atletas credenciados como forma de compensação pelo investimento.

De acordo com o presidente do CBC, “o Clube Curitibano trabalha maravilhosamente bem na formação de atletas. É uma das colunas mestras do CBC. Nós temos uma honra de ter essa parceria com o Curitibano”.

Isso é sinal de transparência na gestão e dedicação com relação ao esporte dentro do Clube Curitibano. Estamos formando atletas para o Brasil, fomentando o esporte olímpico e construindo uma sociedade mais cidadã.

 

Leia Também 

Curitibano apresenta estrutura de primeira para receber o CBI de tênis

Balanço positivo na Taça Paraná de Vôlei

Compartilhe

Veja mais

Fique por dentro das novidades