Notícias

Professores de Badminton orientam os alunos a treinarem em casa

Respeitando as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) que tem como objetivo de conter a Pandemia do Covid-19, as cinco sedes do Clube Curitibano fecharam as portas pela primeira vez em toda a sua centenária história. Mesmo assim, os colaboradores responsáveis pelas modalidades esportivas desenvolveram treinamentos para os associados praticarem dentro de suas respectivas casas.

O Badminton é uma das modalidades do Clube Curitibano que apresentou um plano de aulas para os atletas treinarem em seus lares. Segundo a professora Manuela Brito, os treinadores estão orientando os alunos a fazerem treinamento de agilidade, que é de suma importância nos jogos, atividades físicas e técnicas.

Os professores também estão motivando os atletas a chamarem os seus familiares a participarem das atividades, assim os treinamentos acontecem de uma forma mais recreativa.

João Pedro Rasera Carneiro, atleta da equipe sub-15 do Badminton, é um dos associados que seguem as orientações dos professores. “Já que eu tenho uma academia em casa, facilita bastante as coisas, eu consigo fazer exercícios para voltar aos treinos em forma”, afirmou João, que tem apenas 12 anos.

Porém, o associado revelou que sente a falta de treinar e conversar pessoalmente com os seus amigos. “É ruim treinar sozinho. Às vezes, eu não sei o que fazer e não tem ninguém para conversar e descontrair”, confessa João.

Para ajudar a conter a Pandemia do Covid-19 é importante que os associados do Clube Curitibano continuem dentro das suas residências.

 

Leia também:

Atletas do Badminton disputam a 1ª etapa do CBI em Salvador

Retrospectiva 2019: Badminton

Compartilhe

Veja mais

Fique por dentro das novidades