Notícias
O cantor Frejat se apresentou no Clube Curitibano nesta sexta-feira (24), na sede Barão do Serro Azul.

Show de Frejat anima os sócios

A noite da última sexta-feira, 24 de maio, vai ficar na memória dos cerca de mil sócios que puderam ver, bem de pertinho, o show Tudo se Transforma, do cantor Frejat, no Salão Rubens Arles Bettega do Clube Curitibano. Com uma carreira de quase 40 anos, ele embalou a plateia tanto com os sucessos da época do Barão Vermelho quanto com hits da sua carreira solo.

Para abrir a noite, Frejat escolheu a animada Puro Êxtase (1998). Os hits dançantes se alternaram a outros mais românticos, como Por você (1998), e introspectivos, como O poeta está vivo (1990), assim como as canções autorais se misturaram com músicas do seu parceiro de Barão Vermelho, Cazuza, como em Porque a gente é assim? (1984) e Codinome Beija-flor (1985).

Mas Cazuza não foi o único homenageado da noite. Tim Maia também marcou presença na melancólica Me dê motivo, que juntou ainda mais os casais. Depois da performance, aliás, Frejat fez questão de contar que sua estreia em terras curitibanas foi justamente nos palcos do Clube Curitibano, em 1983, momento em que dividiu o microfone com Tim Maia.

E para provar que não só de história se faz um músico, Frejat também fez a plateia cantar quando tocou o último lançamento, Tudo de Transforma. “É uma música que diz muito sobre a vida, que mostra que em um minuto tudo pode mudar”, disse aos presentes.

Na TV Clube Curitibano:

Confira a galeria de fotos do show!

Compartilhe

Veja mais

Fique por dentro das novidades