Notícias
Arte: Jeniffer Gutierres/Clube Curitibano.

Tesouros do Clube: Sapeco da Erva-Mate, de Hermman Schiefelbein

A obra desta semana é do artista alemão radicado no Brasil, Hermman Schiefelbein. Nascido em 1885, o pintor se debruçou a arte aos 24 anos, após um longo período de tratamento de saúde. Estudou na Academia de Belas Artes em Düsseldorf, sob a orientação de Spatz, Kriedrich e Von Gedhardt, e especializou-se em pintura de animais. Trabalhou na Academia como retratista até 1918.

Com as dificuldades enfrentadas pela Alemanha pós-Primeira Guerra Mundial, o artista se mudou para o Brasil, mas especificamente para União da Vitória, no interior do Paraná. Participou de exposições em São Paulo (Salão Renânia, 1927), Curitibano (Sociedade Thalia, 1928), além da Feira Braun & Cia (1931) e da Liga dos Artistas de (1931 e 1932).

Schiefelbein faleceu em 1933 e teve sua última coleção de quadros exposta no Salão Paranaense de 1934. Seus principais trabalhos realizados no Brasil foram “Carroças e Cavalos”, “Paisagem Sertaneja”, “Paisagem Paranaense”, “Sapeco da Erva-mate” e “Luar Sobre o Rio Iguaçu”.

Em Curitiba suas obras integram o acervo do Museu de Arte Contemporânea do Paraná, do Palácio Iguaçu, do Colégio Estadual do Paraná, e claro, do Clube Curitibano. Essa bela obra, de grandes proporções, fica no Salão Azul da Sede Concórdia e pode ser visitada pelos associados.

Obra: Sapeco da Erva-Mate, de Hermman Schiefelbein.

Leia também:

Tesouros do Clube: Fonte Velha, de Miguel Bakum

Tesouros do Clube: Retrato do Barão do Serro Azul, de Waldemar Curt Freyesleben

Compartilhe

Veja mais

Fique por dentro das novidades